terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Exposição da série Legitima defesa da honra

Violência contra a mulher inspira exposição “Legítima Defesa da Honra”

Artista plástica foi ‘provocada’ pelo noticiário de casos de agressão na imprensa

As notícias de abusos reincidentes contra mulheres nos jornais, revistas, sites de notícias e emissoras de rádio e televisão chamaram a atenção da artista plástica Maysa Pettes e motivaram a concepção da exposição “Legítima Defesa da Honra”, que ficará em cartaz no Fórum Estadual de Ribeirão Preto de 5 de fevereiro a 4 de março.
São 15 telas com autorretratos da artista, todas no tamanho de 90 cm x 90cm. Maysa usou a sua própria imagem para representar a dor das vítimas. A intenção foi traduzir nas telas a expressão das mulheres machucadas ou agredidas emocionalmente, muitas vezes por seus próprios parceiros.
“As notícias sempre causam uma dor e uma compaixão e nos provocam com o questionamento ‘o que eu posso fazer?’ e com este trabalho quero mostrar que não apenas a arte, mas todas as manifestações legítimas de repúdio são válidas e necessárias para combatermos o problema”, diz Maysa Pettes.
A série “Legítima Defesa da Honra” ainda não foi apresentada ao público. A exposição poderá ser visitada das 12h30 às 19h, de 2ª a 6ª feira, no 1° andar do edifício do Fórum (Rua Alice Além Saad 1010).
Maysa Pettes
Graduada em Artes Plásticas em 1979 pela Universidade de Ribeirão Preto, passou anos de sua vida desenvolvendo atividades profissionais de diferentes espécies e em diversas áreas. Sempre buscou ampliar seu universo poético e plástico em trinta anos de produção, agregando cursos e vivências na Europa e América do Norte. Sua produção artística, sempre em desenvolvimento no decorrer destes anos e aprimorada com inenarráveis experiências, foi poucas vezes mostrada até 2008, quando, de fato, assumiu que viveria de arte. Hoje, respira e se alimenta de arte e encontra-se em sua plena maturidade pessoal e construtiva.

Maysa e a filha, a fotógrafa Ana Isméria, mantêm o Ateliê Arter, no bairro Boulevard em Ribeirão Preto, uma simpática casa dos anos 1950, que conserva as características arquitetônicas e o ar de época bem marcantes.



Entrevista coma artista , pela CBN :

http://cbnribeirao.com.br/multimidia/podcasts/SOM,0,1,15438,Viol%C3%AAncia+contra+mulher+motiva+exposi%C3%A7%C3%A3o+em+Ribeir%C3%A3o+Preto.aspx











Nenhum comentário:

Postar um comentário